Seguidores do Blog

20 de abril de 2011

The Wall - Live In Berlin 1990

Boa tarde fanáticos! Estou de volta disponibilizando não apenas mais um download de álbum e sim uma grandiosa obra realizada em um momento histórico do contexto mundial e também porque o tema esta bastante vivo haja visto que Roger Waters e sua banda encontram-se em tour, agora em turnê européia do fantástico e fabuloso álbum de 1979 “The Wall”, sei ainda que muitos não possuem e nem ouviram o disco “The Wall – Live in Berlin” e para quem já escutou ou viu a apresentação em vídeo sabe o quanto esse show foi esplêndido, tendo todo um elenco convidado, organização e a mega estrutura montada, trazendo de volta o cenário tenebroso da guerra fria, algo que Roger temia pois a população presente poderia interpreta de forma errada (principalmente a musica “In the Flesh”), felizmente tudo ocorreu bem, sendo o primeiro show realizado por um grande artista após a queda memorável em novembro de 1989 do muro de Berlin, algo que certamente marcou a vida de todos que foram ao show (Acho que a cidade inteira encontrava-se no show)e se emocionaram + uma vez com a queda representativa do muro erguido durante o show.
Informações sobre o disco: “The Wall Live in Berlin” foi um concerto realizado em 21 de julho de 1990. Sendo considerado um dos maiores espetáculos da história da música, tanto pela gigantesca estrutura e organização, como pela presença de bandas, corais, orquestras e ate mesmo de uma banda militar. No Brasil, o show chegou a ser transmitido ao-vivo pela TV Bandeirantes =O (pensou assistir um show desse ao vivo, emocionante! E o que tenho a dize). Leiam um pouco sobre a construção do muro e o contexto histórico da guerra fria, e bom para o entendimento do show e ter um pouco da idéia do que se passava na cabeça de todos que estavam presentes no show e aliviados com o fim dessa “guerra” ideológica.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Muro de Berlim (em alemão Berliner Mauer) foi uma barreira física, construída pela República Democrática Alemã (Alemanha Oriental) durante a Guerra Fria, que circundava toda a Berlim Ocidental, separando-a da Alemanha Oriental, incluindo Berlim Oriental. Este muro, além de dividir a cidade de Berlim ao meio, simbolizava a divisão do mundo em dois blocos ou partes: República Federal da Alemanha (RFA), que era constituído pelos países capitalistas encabeçados pelos Estados Unidos; e República Democrática Alemã (RDA), constituído pelos países socialistas simpatizantes do regime soviético. Construído na madrugada de 13 de Agosto de 1961, dele faziam parte 66,5 km de gradeamento metálico, 302 torres de observação, 127 redes metálicas eletrificadas com alarme e 255 pistas de corrida para ferozes cães de guarda. Este muro provocou a morte a 80 pessoas identificadas, 112 ficaram feridas e milhares aprisionadas nas diversas tentativas de atravessá-lo.

A distinta e muito mais longa fronteira interna alemã demarcava a fronteira entre a Alemanha Oriental e a Alemanha Ocidental. Ambas as fronteiras passaram a simbolizar a chamada "cortina de ferro" entre a Europa Ocidental e o Bloco de Leste.

Antes da construção do Muro, 3,5 milhões de alemães orientais tinham evitado as restrições de emigração do Leste e fugiram para a Alemanha Ocidental, muitos ao longo da fronteira entre Berlim Oriental e Ocidental. Durante sua existência, entre 1961 e 1989, o Muro quase parou todos os movimentos de emigração e separou a Alemanha Oriental de Berlim Ocidental por mais de um quarto de século.[1]

Durante uma onda revolucionária que varreu o Bloco de Leste, o governo da Alemanha Oriental anunciou em 9 de novembro de 1989, após várias semanas de distúrbios civis, que todos os cidadãos da RDA poderiam visitar a Alemanha Ocidental e Berlim Ocidental. Multidões de alemães orientais subiram e atravessaram o Muro, juntando-se aos alemães ocidentais do outro lado, em uma atmosfera de celebração. Ao longo das semanas seguintes, partes do Muro foram destruídas por um público eufórico e por caçadores de souvenirs, mais tarde, equipamentos industriais foram usados para remover quase todo da estrutura. A queda do Muro de Berlim, abriu o caminho para a reunificação alemã, que foi formalmente celebrada em 3 de outubro de 1990. Muitos apontam este momento também como o fim da Guerra Fria. O governo de Berlim incentiva a visita do muro derrubado, tendo preparado a reconstrução de trechos do muro. Além da reconstrução de alguns trechos está marcado no chão o percurso que o muro fazia quando estava erguido.

Abraços a todos que tem seguido o blog e comentado, fazendo a cada dia que o blog Pink Floyd-Pa cresça, sem fala de manter minha vontade de postar vendo que o objetivo de divulgação do trabalho da banda e seus membros, alem de informações tem sido alcançado ¨), só tenho a agradecer a todos que tem ajudado o blog. Obrigado!

Para efetuar o espetáculo, Roger Waters contou com a seguinte gangue (Risos):

§ Roger Waters - Vocais e baixo

§ Graham Broad - Bateria

§ Rick Di Fonzo - Guitarra

§ Andy Fairweather Low - Guitarra & baixo

§ Nick Glennie Smith - Teclados

§ Snowy White - Guitarra

§ Peter Wood - Teclados

Backing vocals: Joe Chemay, Jim Farber, Jim Haas, John Joyce.

Músicos convidados: Bryan Adams, The Band (Levon Helm, Rick Danko, Garth Hudson), Paul Carrack, Thomas Dolby, James Galway, Jerry Hall, The Hooters, Cyndi Lauper, Ute Lemper, Joni Mitchell, Paddy Moloney, Van Morrison, Sinead O'Connor, Scorpions

Orquestra: A Orquestra da Radio Leste de Berlin (principal: Hans Dieter Baum) O coro da Rádio Leste de Berlin (Prinicipal: Dietrich Knothe), Orquestra Militar do Exército Soviético (principal: Wiktor Afanesjew) Maestro: Michael Kamen

Personagens de The Trial:

§ Tim Curry - Promotor

§ Thomas Dolby - Professor

§ Ute Lemper - A esposa

§ Marianne Faithful - Mãe

§ Albert Finney - O Juiz

Faixa do disco com os respectivos convidados:

Disco 1:

01 - In The Flesh - Scorpions

02 - The Thin Ice - Ute Lemper & Roger Waters

03 - Another Brick In The Wall, Pt.1 - Roger Waters (Sax Solo - Garth Hudson)

04 - The Happiest Days Of Our Lives - Joe Chemay, John Joyce, Stan Farber, Jim Haas & Roger Waters

05 - Another Brick In The Wall, Pt.2 - Cyndi Lauper (Solo 1 - Rick Difonzo, Solo 2 - Snowy White, Solo 3 - Peter Wood & Thomas Dolby)

06 - Mother - Sinead O-Connor & The Band (Accordian - Garth Hudson, Backing Vocals - Rick Danko, Levon Helm)

07 - Goodbye Blue Sky - Joni Mitchell (Flute solo - James Galway)

08 - Empty Spaces - Bryan Adams & Roger Waters

09 - Young Lust - Bryan Adams

10 - One Of My Turns - Roger Waters

11 - Don't Leave Me Now - Roger Waters

12 - Another Brick In The Wall, Pt.3 - Roger Waters

13 - Goodbye Cruel World - Roger Waters

Disco 2:

01 - Hey You - Paul Carrack

02 - Is There Anybody Out There? - The Rundfunk Orchestra & Choir (Classical Guitars - Rick Difonzo & Snowy White)

03 - Nobody Home - Roger Waters (Guitar Solo - Snowy White)

§ 04 - Vera - Roger Waters & The Rundfunk Orchestra & Choir

05 - Bring The Boys Home - The Rundfunk Orchestra & Choir & The Military Orchestra Of The Soviet Army

06 - Comfortably Numb - Van Morrison, Roger Waters & The Band (Guitar Solos - Rick Difonzo & Snowy White)

07 - In The Flesh *

08 - Run Like Hell *

09 - Waiting For The Worms *

10 - Stop * (Roger Waters, The Bleeding Heart Band, The Rundfunk Orchestra & Choir & The Military Orchestra Of The Soviet Army)

11 - The Trial - The Rundfunk Orchestra

Tim Curry - The Prosecutor Thomas Dolby - The Teacher Ute Lemper - The Wife Marianne Faithful - Mother Albert Finney - The Judge

12 - The Tide Is Turning - Everyone

Obs.: Toda a renda do show foi destinada a instituições de caridade.


Download disc1 - mb - Servidor: 4Shared

Download disc2 - mb - Servidor: 4Shared

2 comentários:

  1. paulo josé signoretti2 de setembro de 2011 20:55

    é o maior e melhor show do século ! ! !
    só os despeitados dizem que não.

    ResponderExcluir
  2. Eu Chorei durante 3 Meses por causa do show e quase morri de desedratação !!

    ResponderExcluir